Blogue da turma B, do quarto ano, da Escola Básica de Santa Luzia, em Guimarães
Sexta-feira, 30 de Abril de 2010

"Há muito tempo atrás, no tempo de Jesus, queriam prendê-lo.

Uma noite viram-no a entrar numa casa e resolveram marcá-la com um ramo de giestas, para o prenderem no dia seguinte.

Quando amanheceu, por milagre, todas as casas tinham um ramo e como todas eram iguais não foi possível encontrar Jesus.

A tradição de colocar giestas nas portas no dia 1 Maio manteve-se na nossa região, dizendo-se que espanta as bruxarias e os maus olhados."

 

publicado por Paula às 22:39


A experiência de hoje mostrou a capacidade que o sal tem de derreter o gelo.

O material usado foi: gelo, sal e um palito.

 

Colocámos o palito no gelo e nada aconteceu.

Em seguida, pusemos sal.

Pouco tempo depois pegámos no palito e o gelo veio junto.

 

Conclusão

 

Por causa do sal, parte do gelo derreteu deixando uma porção de água à volta do palito. Como essa água continua em contacto com o gelo, ela congela de novo cobrindo o palito com uma leve camada e, assim, prende o palito.          

 

publicado por Paula às 22:30

Quinta-feira, 29 de Abril de 2010

Hoje comemora-se o Dia Mundial da Dança, uma maneira de lembrar esta forma de arte.

Para assinalar a data, as moranguitas Maria, Mafalda e Ana Carolina, fizeram à turma uma demonstração de ballet, uma das danças mais graciosas e elegantes.

Os colegas adoraram e, a julgar peo entusiasmo, podemos ter em breve mais bailarinos.

Dançar é uma arte, mas é também uma forma de exercitar e conhecer o próprio corpo.

Dancem e divirtam-se.

 

publicado por Paula às 23:18


A ficha de Língua Portuguesa de hoje sugeria um animal estranho, metade girafa, metade golfinho.

Nós gostámos da sugestão. Inventámos um nome e descrevemos este "bicho".

 

 

"O Giragolf é um animal aquático. Tem cabeça e pescoço de girafa e corpo de golfinho, com cauda e barbatanas.

É um animal vivíparo porque se reproduz trazendo os filhos no ventre.

O Giragolf é piscívoro porque come peixe: sardinhas, salmão, carapaus e camarão.

É um mamífero, tem o corpo coberto de pêlos.

É um animal selvagem que vive livre no mar.

O Giragolf é esquisito, mas é engraçado e, como diz o seu nome, gosta de jogar golfe no mar com o polvo e o peixe-balão."

publicado por Paula às 22:10

Quarta-feira, 28 de Abril de 2010

O tema do dia de hoje foram as borboletas, a propósito do poema "Borboleta Recadeira" de Alexandre Parafita.

Lemos o poema e escrevemos o que sabemos sobre este insecto.

 

 

"Borboletas com sorriso bonito e elegantes, asas com enfeites muito bonitos.

As borboletas são bonitas como a natureza.

Andam pelo ar, de flor em flor.

As borboletas gostam de calor e de frio, gostam de água mas não gostam da chuva.

Elas deslocam-se no ar.

As borboletas não nascem da barriga da mãe, nascem de ovos, por isso são ovíparas.

Quando nós tocamos nas asas elas parecem largar pó.

Olhando para elas parece que são muito bonitas. Gostava de estar em cima delas, porque assim podia voar.

De cima, tudo parece mais pequeno, porque as borboletas voam alto.

Não se deve tratá-las mal, porque elas são como nós: nascem, crescem, reproduzem-se e morrem.

Quando olhamos para elas vemos tudo aquilo que gostávamos de ser: livres."

  

Carolina Nunes

  

 

" As borboletas vivem ao ar livre e comem folhas.

As borboletas são seres vivos e são elegantes.

São simpáticas e queridas.

As borboletas andam sempre a passear sem preocupação e andam sempre de férias.

As borboletas são insectos amigos.

Quem me dera ser uma borboleta!!!"

  

Francisca

 

 

" A borboleta é um ser vivo: nasce, cresce, reproduz-se e morre.

É selvagem e come plantas. É aérea e tem muitas cores.

Se é selvagem vive ao ar livre como os outros animais selvagens. tem seis patas, nascem através de ovos e isso quer dizer que são ovíparos.

Gosto do seu aspecto e gosto delas porque são bonitas." 

Laura

 

 

"As borboletas são seres vivos porque nascem, crescem, reproduzem-se e morrem.

As borboletas são elegantes e têm asas coloridas.

As borboletas se são amarelas ou brancas trazem alegria, se forem pretas ou de cores escuras é porque transmitem solidão e tristeza.

Comem plantas, então são herbívoras.

Nascem de ovos, por isso são ovíparas.

As borboletas têm uma vida fantástica, porque são livres e andam sempre em sítios diferentes."

 

Maria João

publicado por Paula às 17:06

Segunda-feira, 26 de Abril de 2010

Tal como fizemos para as plantas, no fim de termos trabalhado os animais estivemos a escrever um texto informativo com tudo o que descobrimos sobre eles.

 

 

"Os animais são seres vivos porque nascem, crescem, reproduzem-se e morrem.

Podem ser domésticos, vivem perto de nós e precisam do homem para se alimentarem, ou selvagens, vivem à solta na selva ou no monte e não precisam de nós para viverem.

Quanto ao local onde vivem, podem viver na água, chamando-se aquáticos (exemplo dos peixes), na terra, chamando-se terrestres (exemplo o cão) ou no ar, chamando-se aéreos (exemplo as aves).

O corpo dos animais pode estar coberto de pêlo, de escamas ou de penas. Consoante as suas características agrupam-se em mamíferos, répteis, aves, batráquios, insectos, peixes e moluscos, entre outros.

Os animais podem alimentar-se de carne (os carnívoros), de peixe (os piscívoros), de insectos (insectívoros), de plantas (herbívoros), de grão (granívoros) ou de vários destes alimentos (omnívoros).

Relativamente à reprodução, temos os que nascem da barriga das mães, que são os vivíparos (mamíferos), e os que nascem de ovos, que são os ovíparos (reptéis, aves, peixes, insectos, batráquios...).

Há muitas espécies que estão em vias de extinção devido à caça para vários fins. Devemos proteger todos os animais e cuidar bem deles, porque são seres vivos como nós."

publicado por Paula às 21:53

Sexta-feira, 23 de Abril de 2010

Estamos a dias da comemoração dos 36 anos da Revolução de Abril.

Uma data que, para os mais novos, tem cada vez menos importância, porque sempre viveram em liberdade, desconhecendo o que é viver sem ela.

Porque é importante que conheçam a história recente do seu país, estivemos a conversar sobre o tema, ressalvando os aspectos mais marcantes do antes e do após o 25 de Abril de 1974.

Desta vez, a aula não foi dada pela professora, mas pelo alunos do 3º B que quiseram mostrar aos Moranguitos o que descobriram depois de pesquisarem sobre este facto histórico.

Foi uma aula diferente, que promoveu o intercâmbio de ideias e a partir da qual ficámos mais ricos em connhecimento.

 

 

" Durante muito tempo Portugal vivia numa Ditadura. Havia um ditador que obrigava toda a gente a obedecer-lhe. As pessoas não podiam falar livremente (se o fizessem eram presas), os rapazes eram obrigados a ir à guerra, as escolas eram separadas para meninos e meninas, havia muita pobreza, as mulheres tinham pouco direitos, não havia eleições...não havia liberdade.

Cansados de tudo isto, os militares resolveram revoltar-se e cercaram o quartel onde estava o primeiro-ministro. Isto aconteceu no dia 25 de Abril de 1974. O governo "caiu" sem que os houvesse tiros, porque nas espingardas havia cravos vermelhos, em vez de balas.

A partir daí, passámos a viver em democracia e com a liberdade que temos hoje."

publicado por Paula às 23:15


O dia 23 de Abril é mundialmente dedicado ao Livro e ao autor.

Uma data que foi escolhida por assinalar a morte de dois grandes nomes da literatura internacional: o espanhol Cervantes e o inglês Shakespeare.

Trata-se de uma altura privilegiada para  reforçar a importância do livro e da leitura.

Os Moranguitos são grandes fãs da leitura e quiseram mostrá-lo por escrito.

Desta vez usamos uma nova forma de escrever. Em caligrama (a escrita assume a forma do objecto sobre o qual se escreve).

 

 

A par desta actividade, cada aluno pode deixar a sua mensagem sobre o tema num livro em ponto grande colocado na biblioteca da escola.

 

 

E, porque as boas ideias devem ser aproveitadas, decidimos importar uma tradição espanhola, segundo a qual neste dia as mulheres oferecem aos homens um livro e eles retribuem com uma rosa vermelha.

Foi o que fizemos, com ligeiras alterações. Cada Moranguito levou, para oferecer aos pais, uma rosa de papel com um pequenos livro onde se pode ver a frase "Ler é vida". Uma forma de incentivar as famílias à leitura.

publicado por Paula às 23:03


A experiência desta semana teve a ver com a força que o ar exerce sobre os corpos.

Usamos um copo, água e um pedaço de cartão.

 

 

Colocámos a água no copo e por cima o cartão.

 

 

Depois viramos o copo e verificámos o que aconteceu.

 

 

Conclusão

 

A pressão do ar, que age em todas as direcções aplica uma força de baixo para cima na cartolina, maior que o peso da água do copo.

Como essa pressão não age directamente na parte de cima da água por causa do copo, a água não cai.

publicado por Paula às 22:49

Quinta-feira, 22 de Abril de 2010

Na aula de expressões estivemos a elaborar um painel com um lago cheio de rãs, alusivo à Primavera.

A partir daí, quisemos escrever um texto narrativo, falando sobre aquele animal.

 

 

" Era uma vez um lago onde havia nenúfares.

Em cada um deles vivia uma rã. Eram muitas.

As rãs eram verdes, pegajosas e de olhos esbugalhados.

Em torno do lago havia plantas onde as rãs brincavam às escondidas. Davam grandes saltos e a seguir mergulhavam nas águas turvas do lago.

Outras vezes, saltavam para apanhar os pobres insectos que se atreviam a voar por cima delas. Lançavam-lhes a sua língua e faziam um banquete.

Em dias de Primavera, as rãs coaxavam fazendo grande algazarra, mas animando a natureza."

publicado por Paula às 22:21


Moranguitos
visitas
counter
Visitantes

Contador Grátis
pesquisar
 
Últ. comentários
aleleuia
Quero saber a introdução da experiência
Gostaria de pedir autorização para usar a vossa im...
podiam colocar mais algumas assim não dá para tira...
gosto de ler historias para meus alunos mas sempre...
lol
QUE LINDO
Como fizeram o livro????Já está há venda em públic...
Olá Moraguinhos, adorei os vossos porvérvios, me a...
muito obrigada nao copiei todos mas ainda coipiei ...
mais comentados
10 comentários
8 comentários
8 comentários
7 comentários
6 comentários
6 comentários
6 comentários
6 comentários
subscrever feeds