Blogue da turma B, do quarto ano, da Escola Básica de Santa Luzia, em Guimarães
Terça-feira, 30 de Novembro de 2010

É importante, desde pequenos, conhecermos a história do nosso país. É uma forma de nos percebermos melhor como sociedade.

Por isso, não poderíamos deixar passar em claro a data que se assinala amanhã.

O dia um de Dezembro comemora a Restauração da Independência, conseguida em 1640, após 60 anos de domínio espanhol.

Aqui fica o nosso resumo sobre mais este facto histórico muito importante para Portugal.

 

 

" Tudo começou em 1578 com a morte do Rei D. Sebastião, no norte de África, na batalha de Álcacer- Quibir. A sua morte trouxe um problema: D. Sebastião não tinha filhos nem irmãos que lhe sucedessem.

Quem acabou por suceder-lhe foi o seu tio- avô, o Cardeal D. Henrique. Como o Cardeal era idoso, faleceu tendo governado apenas dois anos.

Na linha de sucessão estava D. Filipe II, de Espanha, primo de D. Sebastião. Assim, o rei de Espanha, passou a ser também o rei de Portugal.

Passaram sessenta anos em que houve domínio filipino em Portugal. Nesse período, houve várias guerras, fome e aumento de impostos, que provocaram a revolta dos portugueses.

A 1 de Dezembro de 160, um grupo de homens, chamado os "Conjurados", em Lisboa, obrigou a representante do rei a renunciar ao cargo. A ameaça foi "Ou sai pela porta, ou sai pela janela".

Assim, Portugal voltou a ser independente, sendo nomeado D. João IV como rei."

publicado por Paula às 22:48


À Maria João e família coube escrever o último texto sobre os direitos da Criança.

 

 

 

Seja rapariga ou rapaz

Ela tem direitos

Rir, brincar, acreditar

 

Crescer e amar

Razão de qualquer pai e mãe

Isto nós vamos educar

A descobrir o seu mundo

Nele respeitar

Com o nosso amor apoiar

Apoiar

 

Direitos

Infância

Respeito

Ensino

Interagir

Ternura

Opinião

Segurança

 

publicado por Paula às 22:40


A Maria contou-nos hoje uma história que nos fala do espírito de Natal. Chama-se "Tiling, o gnomo dos brinquedos".

Diz-nos que, na Noite de Natal, dois irmãos receberam presentes novos, mas acabaram por preferir os velhos para brincarem.

O avô diz-lhes, então, que aqueles brinquedos devem ter sido feitos pelo gnomo Tiling.

Tiling era o responsável por fabricar os brinquedos de Natal. Um dia, reparou que havia dois irmãos que estavam muito tristes porque nunca recebiam prendas.

Então, o gnomo decide pedir que o transformem em brinquedo para ser oferecido àquelas duas crianças.

Assim acontece. Para os irmãos aquele foi o melhor Natal de sempre. Mas, com o passar do tempo, acabam por por o brinquedo de lado e este vai parar aos caixote do lixo.

Um dia triste para o gnomo. No entanto, o Pai Natal estava atento e transformou-o de novo no gnomo que era antes, voltando ao seu trabalho de sempre.

O avô explica, então, aos netos, que os brinquedos do Tiling são aqueles que acompanham os meninos ao longo de toda a vida, mesmo quando já são crescidos. São os nossos brinquedos preferidos e andam connosco para todo o lado.

 

 

 

 

publicado por Paula às 22:26

Segunda-feira, 29 de Novembro de 2010

Realiza-se, de novo, este ano, o Concurso de Ortografia no nosso Agrupamento.

A primeira eliminatória aconteceu na passada semana.

 

 

Aqui ficam os alunos que passaram à fase seguinte, por terem menos que cinco erros:

 

- Fátima Ben Nasrallah;

- Maria Sofia Machado Freitas;

- Jessica Maria Pinto Moreira;

- Mafalda Ribeiro Ferreira da Silva;

- Maria João Faria Costa;

- Pedro Leandro Martins Castro;

- Joana Coutinho Pacheco;

- Mário Rui Ribeiro Mendes;

- Beatriz Rocha Barbosa.

publicado por Paula às 22:47


A poesia de hoje foi escrita pela Maria Manuel e família.

 

 

"Cá em casa todos merecem atenção

Da mais nova Maria

Ao mais velho Gonçalo

Todos falam com e sem razão

 

Em família discutimos,

Em família resolvemos

Somos pelos direitos

Das crianças, adultos e outros

 

Com os amigos da escola

A Maria, o Manuel

O Gonçalo e a Fá

Querem partilhar

 

Ser criança é sorrir,

é fazer asneiras e aprender com elas,

é querer carinho e atenção

é querer especialmente!!...

Alguém que lhe dê sempre a mão.

publicado por Paula às 22:46


A Jessica contou-nos hoje a história da "Princesa e a Ervilha".

Conta que havia um príncipe que queria se casar com uma princesa, mas uma princesa de verdade. Viajou pelo mundo inteiro, à procura da princesa dos seus sonhos, mas todas as que encontrava tinham algum defeito. O príncipe regressou ao seu castelo, muito triste e desiludido.

Uma noite, formou-se uma enorme tempestade, com chuva e com trovoadas.

De repente bateram à porta do castelo.

Era uma moça, que dizia ser uma princesa. Mas estava encharcada de tal maneira, que era difícil acreditar que fosse realmente uma princesa real.

A moça tanto afirmou que era uma princesa que a rainha pensou numa forma de provar se o que ela dizia era verdade.

Ordenou que sua criada de confiança empilhasse vários colchões no quarto de hóspedes e colocou sob eles uma ervilha. Aquela seria a cama da “princesa”.

No dia seguinte, a rainha perguntou-lhe se tinha dormido bem.

— Oh! Não consegui dormir — respondeu a moça, — havia algo duro na minha cama.

A rainha suspirou de alívio, a moça era realmente uma princesa! Só mesmo uma princesa verdadeira teria pele tão sensível para sentir um grão de ervilha sob vinte colchões!!!

O príncipe casou com a princesa e viveram felizes para sempre.

 

 

 

 

publicado por Paula às 22:45

Sábado, 27 de Novembro de 2010

Estamos completamente imbuídos do espírito Nicolino.

Depois de termos conhecido a história e as tradições, estamos a passar à prática.

Ontem tivemos connosco actuais e antigos Nicolinos que nos vieram ensinar os toques.

A animação foi mais que muita. Toda a escola entrou no ritmo e até pais e funcionários fizeram o gosto ao dedo, ou melhor às baquetas.

E até nem nos saímos mal!

 

 

 

Agradecemos aos que nos vieram ensinar.

A próxima etapa das nossas Nicolinas será no dia 3 de Dezembro. Faremos o nosso Pregão e abrimos as portas a quem nos quiser ouvir.

 

publicado por Paula às 20:27


Depois de termos trabalhado a "Lenda das Sete Cidades" como texto narrativo, de a termos transformado em poesia, de analisarmos a versão texto de teatro, só faltava a Banda Desenhada.

Hoje estivemos a ver as características deste género literário. Aqui ficam dois dos trabalhos produzidos.

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Paula às 00:03

Sexta-feira, 26 de Novembro de 2010

A nossa experiência de hoje mostra como o esferovite desaparece em acetona.

Usámos um copo, acetona e um pedaço de esferovite.

 

 

 

Deitámos a acetona no copo.

 

 

 

 

 

Colocámos a esferovite na acetona e...

 

 

...a esferovite desfez-se.

 

Conclusão

 

A acetona desfaz a espuma de poliestireno (esferovite) pois ambos são de natureza orgânica.

"Igual dissolve igual."

 

publicado por Paula às 23:59


A Fátima Ben e a família escreveram sobre os direitos das crianças.

 

 

 

"Os meninos têm raças diferentes

São todos amigos, até os deficientes

Podem ser católicos, muçulmanos

Todos têm os mesmos direitos

 

Cada criança deve ser

Socorrida, amada e protegida

Cada criança deve ter

Nome, nacionalidade e comida

 

Cada criança deve andar

Na escola para estudar

Cada criança deve brincar

Para mais tarde se lembrar"

 

publicado por Paula às 23:48


Moranguitos
visitas
counter
Visitantes

Contador Grátis
pesquisar
 
Últ. comentários
aleleuia
Quero saber a introdução da experiência
Gostaria de pedir autorização para usar a vossa im...
podiam colocar mais algumas assim não dá para tira...
gosto de ler historias para meus alunos mas sempre...
lol
QUE LINDO
Como fizeram o livro????Já está há venda em públic...
Olá Moraguinhos, adorei os vossos porvérvios, me a...
muito obrigada nao copiei todos mas ainda coipiei ...
mais comentados
10 comentários
8 comentários
8 comentários
7 comentários
6 comentários
6 comentários
6 comentários
6 comentários
subscrever feeds