Blogue da turma B, do quarto ano, da Escola Básica de Santa Luzia, em Guimarães
Quinta-feira, 19 de Abril de 2012

D. Maria II esteve em Guimarães em 1852 e um ano depois manda elevar a vila à categoria de cidade.

Eis mais alguns dados, para saber mais.

 

 

Durante os dois dias que durou a estadia em terras vimaranenses, a família real ficou alojada no palacete do Conde de Arrochela (Vila Flor). Foram dias de festa, com multidões nas ruas, música, casas engalanadas, iluminação festiva e direito a beija-mão real. Quando a comitiva partiu, na madrugada do dia 17, defraudou as expectativas das gentes de Vizela, que tinham engalanado a sua terra e preparado um banquete em honra dos monarcas, cuja visita lhes estava prometida, mas que não apareceram, por se terem dirigido directamente para Santo Tirso, gorando-se a possibilidade de depositarem nas mãos da rainha uma petição para que ali fosse criado um concelho com parte dos de Guimarães, Barrosas e Negrelos.

Quando, no ano seguinte, a rainha manda elevar Guimarães à condição de cidade, invoca a memória que lhe ficou desta visita:

Querendo eu também dar, aos habitantes de tão nobre povoação, um testemunho autêntico do distinto apreço em que tenho a sua honrada e habitual dedicação à cultura das artes e trabalhos úteis, por mim presenciados na ocasião da minha visita às províncias do norte: hei por bem elevar a Vila de Guimarães à categoria de Cidade com a denominação de Cidade de Guimarães, e me praz que nesta qualidade goze de todas as prerrogativas, liberdades e franquezas que direitamente lhe pertencerem.”

A notícia do decreto de elevação (lavrado em 19 de Fevereiro) chegou ao conhecimento da Câmara Municipal em 21 do mês seguinte, quando corria a Semana Santa. Devido às solenidades do período pascal, a vereação decidiu adiar os festejos. Os habitantes da nova cidade comemoraram o acontecimento na noite de 3 de Abril, iluminando os edifícios, e prolongaram os festejos pelo dia seguinte, data em que se comemorava o aniversário de D. Maria II (o último celebrado por esta rainha, que faleceria em Novembro, aos 34 anos, vítima do seu 11.º parto), com foguetes e repiques de sino ao despertar da aurora, ao meio-dia e à noite.

Em 22 de Junho de 1853, cumpridas as formalidades em uso na época, D. Maria II assinou a carta régia que manda cumprir o decreto de elevação de Guimarães a cidade. É esta a data que se celebra.

publicado por Paula às 23:17


Moranguitos
visitas
counter
Visitantes

Contador Grátis
pesquisar
 
Últ. comentários
aleleuia
Quero saber a introdução da experiência
Gostaria de pedir autorização para usar a vossa im...
podiam colocar mais algumas assim não dá para tira...
gosto de ler historias para meus alunos mas sempre...
lol
QUE LINDO
Como fizeram o livro????Já está há venda em públic...
Olá Moraguinhos, adorei os vossos porvérvios, me a...
muito obrigada nao copiei todos mas ainda coipiei ...
mais comentados
10 comentários
8 comentários
8 comentários
7 comentários
6 comentários
6 comentários
6 comentários
6 comentários