Blogue da turma B, do quarto ano, da Escola Básica de Santa Luzia, em Guimarães
Domingo, 17 de Junho de 2012

Este post é um misto de alegria e de tristeza.

Alegria por ver que os meus Moranguitos cresceram e atingiram o final de uma etapa das suas vidas, preparando-se para assumir outra.

Tristeza porque no coração já aperta a saudade.

 

 

 

Eis a minha mensagem para aqueles que partilharam comigo os últimos três anos.

 

Ser professora é mais que uma profissão...é uma dádiva.

Damos de nós o que melhor temos para dar e o nosso coração acelera quando recebemos das nossas crianças gestos tão simples como um sorriso sincero e radioso.

Somos mães, amigas, enfermeiras, confidentes…

É assim que entendo o desafio de ser professora. E foi assim que tentei agir ao longo destes três anos em que partilhamos saber, alegrias, tristezas, sucessos e insucessos.

Porque nem tudo foram rosas. Houve muitos espinhos. Mas o desabrochar e o perfume destas pequenas flores tudo compensou.

Foi bom ver-vos despontar para as letras, para os números, para a história...enfim, para a sociedade. Foi bom ver que se tornaram cidadãos responsáveis, conscientes, interventivos, que sabem defender aquilo que pensam, respeitando os outros.

No final deste ciclo, quero dizer aos meus Moranguitos que, apesar de todos os momentos difíceis, foi bom trabalhar convosco e ver-vos crescer.

Muitas vezes conversámos sobre o que sentíamos uns pelos outros e muitas vezes ouvi da vossa boca que “a professora é exigente”. Sempre assumi este comentário como um elogio. Fui, de facto, exigente, porque conheço o vosso valor e sei que são excelentes. Foi para essa excelência  que trabalhei e, por isso, exigi...exigi porque gosto muito de vocês e me sinto como vossa “segunda mãe”.

Não posso, também, deixar de assinalar a colaboração das verdadeiras mamãs e do papás dos Moranguitos que comigo mantiveram uma estreita colaboração e sem os quais não teria sido possível desenvolver todo o trabalho que foi realizado. Bem hajam! Os vossos filhos só podem ter orgulho em vocês.

 

Ser criança é ser herói, ser artista, ser protagonista, ser pintor, poeta e escritor. É ser índio e cowboy. Ser criança é ser o sonho, o futuro e a esperança.  Ser criança é aventura, é desafio. É ser conquistador. É rir e brincar. É inventar novas formas de ser CRIANÇA.

Por isso, sabem que vão crescer, mas não deixem nunca de SER CRIANÇAS, de manter o sonho e a alegria. 

Esta mensagem não é um "adeus", porque não posso dizer adeus a quem ficará para sempre no meu coração. E, mesmo longe fisicamente, lembrem-se desta professora que vos adora, vos leva no coração  e com a qual podem sempre contar.

Sejam felizes. Lutem pela vossa felicidade com toda a força. Um grande beijinho.                                   

 

Paula Marinho

 

 

 

publicado por Paula às 01:11

ja estou a chorar
maria joao a 2 de Janeiro de 2013 às 20:27

Tenho a certeza que o seu papel de professora se estendera pela vida toda dos seus alunos.
carlos Raposinho a 8 de Julho de 2014 às 10:35

Tenho a certeza que o seu papel de professora se estendera pela vida toda dos seus alunos.
carlos Raposinho a 8 de Julho de 2014 às 10:36



Moranguitos
visitas
counter
Visitantes

Contador Grátis
pesquisar
 
Últ. comentários
aleleuia
Quero saber a introdução da experiência
Gostaria de pedir autorização para usar a vossa im...
podiam colocar mais algumas assim não dá para tira...
gosto de ler historias para meus alunos mas sempre...
lol
QUE LINDO
Como fizeram o livro????Já está há venda em públic...
Olá Moraguinhos, adorei os vossos porvérvios, me a...
muito obrigada nao copiei todos mas ainda coipiei ...
mais comentados
10 comentários
8 comentários
8 comentários
7 comentários
6 comentários
6 comentários
6 comentários
6 comentários